Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Estrelado sonho

por Ivone Neto, em 28.04.09

 

Nem sempre me lembro dos meus sonhos. Diz minha mãe que é porque ao acordar passo a mão na cabeça. E olha que ela adora ouvir sonhos para interpretar e fazer sua “fezinha”. Mas sei que os sonhos são importantes, reveladores e tem muito significado.

Mas cá estou para escrever sobre meu sonho dessa noite. Foi especial. Estava em um lugar vasto, uma estrada de onde se avistava uma planície extensa. Não era uma noite escura, apenas uma suave penumbra iluminada pelo luar e no céu milhares de estrelas tão brilhantes que a todos hipnotizavam.  Um cenário tão fascinante e ali eu estava abraçada com meu sobrinho, meu príncipe PH. Olhávamos o céu na mesma direção e juntos observamos extasiados viajar pelo campo celeste seres alados em carruagens floridas.
De repente, chamei a atenção do Paulinho para ver a formação de uma mandala de estrelas. Elas iam se juntando e formando um círculo e no seu interior pequenas estrelas bailavam como borboletas. Num instante ela estava toda formada e o desenho começou a girar, brilhando e dançando. Uma mandala estrelada que brincava movimentando a energia cósmica. Simplesmente inesquecível.
Os olhos do observador PH faiscavam encantados pela beleza dessa constelação que bailava no céu de outono. Um silêncio sublime pairava por todo ambiente. E assim, eu e o menino de olhar intenso e poucas palavras, ficamos por longos minutos abraçados e sintonizados com essa vibração de luz, conectados a um céu mágico que reflete a grandeza do universo.

A Isa acordou para mamar. E fiquei ali, na penumbra do meu quarto, amamentando meu bebê e recordando dos momentos do sonho e sentindo uma doce paz. Uma sensação de ter flutuado e viajado para uma paisagem tão próxima, na companhia de uma criança tão especial. Voltei a dormir, despertei, prendi meus cachos e não me esqueci do sonho.

E escrevo para agradecer pela visão e emoção despertada por este sonho iluminado. A mandala de estrelas ficará eternamente registrada na minha mente e coração.

publicado às 12:16

Devoção Mãe Maria

por Ivone Neto, em 11.04.09

 

Em toda mulher, em toda mãe, há traços de Maria...
Amém!

Mãe de todas as Mães. Cheia de graça a espalhar bênçãos.
Nossa Senhora de muitas faces e grandioso Amor.
Mãe que acolhe, ampara, socorre, nutre e ilumina os caminhos.

Teu nome é tão doce, tão terno, tão repleto de Luz: Maria
Mãe Plena, Soberana, Rainha
Nossa Senhora de tantas cidades, lugares e pessoas
Todos os cânticos reverenciam sua Essência de Amor
Os anjos do céu proclamam sua paz e esperança
Seu exemplo de entrega e fé ao chamado do Pai é um milagre que multiplica milagres

Mãe Maria, Nossa Senhora de Fátima,
Nossa Senhora Aparecida,
Maria Desatadora dos Nós...Nossas Senhoras Marias
Rogai por Nós

Mãe Amada e Glorificada do Filho de Deus
Sou eternamente grata pela sua proteção
Amém!

publicado às 00:43


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D