Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Mães na sala de espera pediatra

por Ivone Neto, em 03.01.13

Eu já escrevi antes que mãe compartilha. Sim, compartilhamos informações, experiências, emoções, dicas e etcs. E fazemos isso em diversos lugares. Mães juntas, espaço para variados diálogos. Um dos locais que há sempre presença de mãe é na sala de espera do pediatra. Não que os pais não frequentem, alguns sim. No entanto, o número de mães é sempre maior no pediatra, pelo menos nos que frequento. Isso me fez lembrar uma recente pesquisa que revelou que as mulheres estão cada vez mais sobrecarregadas. Pais, definitivamente precisam colaborar mais partilhando dos desafios cotidianos da família.

Hoje encontrei um casal amigo na sala de espera da pediatra, aliás, uma excelente pediatra que demonstra na qualidade do atendimento o amor por sua profissão. Arthur com 8 meses e Luiz com 13 dias. Mãe de primeira viagem, na primeira consulta encontrando mãe de terceira viagem na 10ª consulta. Apesar da bagagem, todo filho é único e é incrível como apaguei tantas coisas das experiências anteriores. Toda viagem é mesmo diferente. Mas, é claro que muitos dados ficaram armazenados na memória. Partilhar e praticar são verbos ações na aprendiz jornada maternal. Nos cuidados com o Arthur muito do que aprendi com amigas-mães. Respondendo as perguntas da nova mãe fiquei refletindo sobre a importância desse contato que tanto nos auxilia.

Fraldas, cólicas, banho, vacinas, amamentação, sono, berçário e tantos detalhes da rotina das mães e bebês. É uma rede de tarefas que compõe dia e noite com muito trabalho e momentos de puro amor. O Luiz dormia como anjo, o Arthur bricando e encantando. As mães conversando e os pais, sim o pai do Luiz e o pai do Arthur estavam acompanhando a consulta, ouvindo, rindo e imaginando como é que podemos ter tanto papo assim. Sim, temos muito papo sim para compartilhar sobre crianças e muito mais, assim como os papos deles rendem toda sexta quando se reúnem para tomar cerveja no bar.


Que o Luiz cresça saudável e feliz e que possamos nos encontrar mais vezes na sala de espera do pediatra e em tantos outros lugares para aprender com essa troca de dicas maternais.

Meu bebê com 1 mês. O tempo passa e o aprendizado segue

publicado às 17:13


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D