Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



crianças e mudanças

por Ivone Neto, em 17.03.14

Isa diz: mãe, o trabalho e a escola são pertos, só falta a casa. Faltava, agora é a semana da mudança e ela conta os dias. Casa, trabalho e escola ao alcance dos pés. Proximidade que privilegia qualidade de vida. As crianças também sentem a mudança, porém, tem um jeito incrível para adaptar-se, são ávidas pelo novo e esse espírito aprendiz é uma grande lição. Da casa para o apartamento.

Processo de desapego que transforma, despedida de objetos e doação que ganha nova utilidade. Só fica o que tiver uso efetivo, bagagem mínima para ampliar bagagem melhor. E a Isa já aprendeu que para cada novo brinquedo, um será doado. O Arthur já tem poucos para aprender desde cedo que precisamos de raros, para facilitar a organização e priorizar o que tem significado. E a limpeza dos brinquedos está em curso. Limpeza da estação em plena mudança.

 

Hoje é dia do meu quarto, de abrir gavetas e encontrar rabiscos, me detenho nessa ação e sempre encontro tesouros em forma de frases, anotações bobas, uma página de caderno, retalhos em forma de sentido poesia que vão comigo, passo para dentro dos meus livros, outros tesouros que acompanham minha mudança, para onde quer que eu vá.

 

MENOS é MAIS e MAIS é MENOS em diferentes contextos. E os bons ventos do outono estão chegando trazendo um novo ritmo.

publicado às 11:24

Infecção que afeta toda família

por Ivone Neto, em 11.03.14

Nem tudo são flores na jornada maternal e muitas mães sabem disso, embora nem todas assumam suas dores.  Em algumas conversas com mães, que não são minhas amigas, em papos como na sala de espera do consultório e salão de beleza, observo os diálogos sorrisos e fico refletindo que é melhor mesmo enaltecer as glórias. Tem energia positiva e ela contagia. No entanto, não há como negar que os desafios são grandes e que enfrentamos algumas adversidades nesta caminhada que é longa. Nos últimos dias, estamos todos entristecidos em casa com a febre alta da Isa por causa da infecção de garganta. A família toda fica infectada também. Médico, injeção, remédio e noite sem dormir para repor o cansaço, vão gerando uma exaustão.  Sem contar, a dor em vê-la quietinha deitada na cama. Normalmente ela é tão alegre brincando. Sinceramente penso que o sofrimento da mãe é multiplicado.

Nessas horas é importante contar com o auxílio de pessoas confiáveis como mãe, irmã e amiga. Minha gratidão é eterna por ter a presença de personagens do meu livro coração nos capítulos de minha trilha maternal. E como foi bom acordar hoje, depois de 5 dias com febre, e perceber um sorriso aflorando da Isa e ver que seu corpo está reagindo, sinal de que a infecção está sendo combatida. Hoje ela já fez a lição de casa, já brincou de rima e logo estará saltitando. E todos nós também. 

publicado às 16:36


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D