Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Doações e lições de utilidades infantis

por Ivone Neto, em 09.10.14

Criança cresce rápido. Em alguns períodos mais, em outros menos. Cada ser humano tem seu ritmo único e plural ao mesmo tempo. Ganhando centímetros e peso e começa o aperto no sapato e nas vestimentas. O que servia no verão passado, quase nada no atual. Perde um, ganha outro, e no saldo final o resultado é positivo. Na minha família, tem um passa a passa constante de roupas, calçados e brinquedos. E estou contagiando minhas crianças pequenas a seguir nesse movimento de não usa mais, abre espaço e doa. Outro ponto importante é evitar o desperdício e uma situação do meu cotidiano ontem ilustra bem isso.


Uma das atividades da escola nessa especial semana das crianças é um dia elas irem fantasiadas. Todas as crianças que conheço adoram fantasias. Só que normalmente só usa em raras ocasiões. Hoje a Isa tinha que ir de fantasia e as delas já tinham sido doadas porque não serviam mais. Depois de pegar ela no final da tarde de ontem na escola fui até uma loja aqui perto para ver as fantasias. O preço um absurdo para um tamanho de pano tão pequeno. Variando entre R$ 105,00, R$ 120,00 até R$ 200,00. Ainda na loja eu disse: Filha, eu não vou comprar porque está muito caro e não compensa só pra você usar amanhã.


Bom, ela fez bico, cara de triste, mas não hesitei. Fui embora. No carro fomos conversando e eu expliquei que quando chegasse à nossa casa o “problema” seria resolvido. Inventar alguma fantasia, ver o que tínhamos no guarda-roupa ou até pedir emprestado. Corta um vestido dali, gruda em uma saia, mas ela não gostou do look. Segunda tentativa, sugeri que ela fosse de surfista já que tem roupa de surf. Não aceitou. Então toquei na casa de sua amiga e a mãe ficou de ver se tinha sobrado alguma coisa da sua limpeza do dia das crianças. Depois de 15 minutos recebo novo contato e bingo, ela encontrou 2 vestidos. E lá fui eu acompanhar a Isa para escolher. E, além do vestido, ainda ganhou a bota e mais 4 calçados que já não servia mais para sua amiga.

Ela voltou para casa saltitante com os presentes. E disse: mãe, eu ganhei da Joyce e também vou doar. E já separou 4 calçados para doação e roupas que não usa mais. E, claro, hoje foi para a escola com um sorriso alegre e linda em sua fantasia.


Toda situação tem uma lição significativa. Primeiro que preciso organizar melhor as atividades cotidianas da agenda de sua escola. Segundo que estou ficando mais disciplinada em dizer NÃO. E também que esse apagar de incêndio, comprar de última hora, não dá certo. Há sempre uma solução melhor. E assim vamos seguindo com menos consumo, mais consciência, menos desperdício, mais utilidade.

IMG_2139.JPG
Minha princesa fantasiada. Criança feliz

publicado às 19:59



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D