Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


As crianças e o sertão

por Ivone Neto, em 06.01.17

Nossas férias foram no sertão pernambucano. Visitar meus avós, bisavós dos meus filhos. Meu pai e tantos tios e primos, é sempre uma conexão recheada de amor. Mochila nas costas, minha Isa na mão esquerda e Arthur na direita. Estradas, chegadas, partidas. Encontros e despedidas no roteiro da minha infância, que também enlaçam a infância dos meus filhos.

Férias curtas e compridas, vastas em alegrias, amor e gratidão. O cenário tão diferente do habitual dos meus pequenos e eles mergulharam nesse ambiente brincando em árvores, no terreiro de pedras, na liberdade de correr sem obstáculo pelo “grande quintal”.  Brincaram com os cachorros do sítio e fizeram amizades com as crianças. Encantaram-se com a fogueira no terreiro e com o céu estrelado. “mãe consegui ver a constelação”. E tem um trio brilhante de estrelas. Sim filha, as Três Marias que tanto amo. E voltamos com a bagagem cheia de memórias para cultivar saudade feliz.

15875624_1436841686326741_1248634235348364925_o.jp

No Umbuzeiro, na sombra, a flor, o fruto, a brincadeira no sertão

 

publicado às 09:38

Laços amigos mães e filhas.

por Ivone Neto, em 14.10.16

A Isa adora brincar com suas amigas em casa. Tem muita alegria em receber. Uma de suas amigas desde bebê é a Julia. Aliás, eu e sua mãe Zilda somos amigas desde infância lá no sertão. E nos reencontramos por Sampa e continuamos cultivando esse laço amigo. Penso que Isa e Julia trilharão uma jornada parecida. Elas estudaram juntas no jardim e pré e agora estão em escolas diferentes. Essa distância faz de cada encontro delas uma ocasião especial.

Nesse dia das crianças Isa e Julia brincaram muito. Em casa, no parquinho, no quintal, no quarto, na sacada, na sala, com bonecas, água, brinquedos, risadas, imaginação fértil. E fico tão contente em observar a proximidade refinada que elas nutrem. Coisas de amigas filhas, amigas mães.14658232_1202442539826345_1069048892_n.jpg

 Crianças amigas, Ju e Isa, tão especiais

publicado às 14:32

As amizades na escola

por Ivone Neto, em 20.06.16

A Isabelly tem muitos amigos e amigas. Na época da educação infantil (ai meu coração palpita em pensar como ela tá crescendo), na escola Raio de Luz sempre foi comum encontrar as mães e ouvir: “ah você é a mãe da Isabelinha, minha filha (o) fala direto dela”. Ontem estive com ela na festa junina da escola atual, já está no 2º ano e muito bonito vê-la encontrando os amigos e amigas, os abraços, as brincadeiras, as gargalhadas, a correria. Ao ver o Gustavo ela exclamou: “mãe olha meu amigo Gustavo”. E conheci a mãe e o Gustavo. E adivinha o que ouvi: “Nossa o Gustavo fala muito da Isa”.

Os laços afetivos que as crianças tecem encantam meu coração. O carinho com a professora também é tocante. A despedida anual é sempre dolorida e emocionante. Todo final de ano encerra o ciclo e fica a expectativa do seguinte: “mãe será que minha turma vai ser a mesma?”.

A Isa tem amizades desde o maternal, hoje em diferentes escolas, e seguem amigas. E penso que ela vai ser daquelas meninas que carregará amigos como bagagem valiosa por toda vida!

13479758_1618209675160970_363308345_n.jpg
os amigos de sala: Isa e Gustavo 

publicado às 20:13

Marca registrada Arthur

por Ivone Neto, em 10.09.15

Todo ser humano é único, como diz minha amiga Fatyma de Moraes, é um oráculo com múltiplas possibilidades, com enorme potencial criativo. E como é valioso ser único e reconhecer a beleza da diversidade da vida. Sou tão apaixonada pela diversidade nos seus variados formatos que fui presenteada com 3 filhos diferenciais por essência. Cada um com sua natureza ímpar, Arthur, Isa e Bruna, contribuem ao seu modo para o roteiro aprendiz dos meus dias. Hoje fiquei reparando em algumas imagens do Arthur, meu caçula que tem 3 anos e me detive em uma de suas marcas, esse olho fechado pela claridade do sol, um charme de sua graça.

1896991_415178495283210_1684785707_n.jpg
Arthur com 1 ano e meio

 

 

IMG_3559.JPG

Arthur - 3 anos

publicado às 20:37

Isa aprendendo a ler

por Ivone Neto, em 26.06.15

A Isa está na 1ª série.  Fiquei preocupada com sua adaptação na nova escola, nova metodologia, ritmo, matérias, provas e etcs. Ufa, são muitas mudanças nessa fase e nossa Menina das águas está nos surpreendendo. No começo ela estava receosa e algumas vezes me disse:  “mãe, como vou ler palavras em letra de mão, como vou escrever?”

Do melhor modo eu tentei tranquilizá-la e dizer que tudo é um processo e que ela iria aprender sim, no seu próprio tempo, do seu jeito. Apesar do olhar pensante, seu sorriso demonstrava que estava ficando confiante. Próximo das últimas provas do bimestre a Isa já estava empolgada dizendo: “mãe olha só o livro, já está chegado nas páginas das letras de mão”. E quanta alegria emanava de sua voz corrida quando eu a peguei na escola e exclamou: “mãe hoje a aula teve letra de mão e eu aprendi, não é tão difícil”.

E de lá pra cá, ela tem se aplicado em praticar. Lê seus livros, os letreiros da rua, vai costurando as sílabas e formando as palavras. Ah, esse universo aprendiz cheio de descobertas é encantador.

IMG_4453.JPGÀs vezes fico olhando ela brincar e percebo como está crescendo rápido. Confesso que passa um calafrio em minha espinha e um nó na garganta em ver minha pequena tão crescente. É a jornada maternal ensinando que temos que aproveitar cada fase.

 

 

publicado às 19:00

A Isa e o mar

por Ivone Neto, em 06.11.14

Tenho 3 filhos, 2 meninas e 1 menino. Cada um com seu elemento diferencial. Minha Isa é das águas. Sua sintonia com o mar é muito intensa. Sua alegria brincando com as ondas é uma das expressões de felicidades mais bonita que tenho a bênção de presenciar. Não é a toa que ele vive dizendo que quer morar na praia. Quando planejamos um passeio ao litoral ela fica contando os dias com aquele brilho no olhar de quem vai encontrar o que ama. E quando ela volta do passeio já fala de saudade. Desde pequena eu a chamo de menina das águas e ela disse, mãe eu sou é rainha das águas. Sim, filha, você é uma rainha e seu reino encatado tem cheiro de maresia.

guaruja4.jpg
Minha menina Rainha das ÁGUAS 

publicado às 10:14

cai primeiro dente

por Ivone Neto, em 30.08.14

A Isa tem 6 anos e 1 mês. E acabou de perder seu primeiro dente de leite. Quatros dias com o dente balança e não cai até que ela acordou e viu que ele não estava mais lá. Seus olhos brilhantes e seu olhar aguçado procurando o dente entre o cobertor e seu canto de dormir. Já quis avisar o pai e a irmã. Mostrou ao irmão pequeno logo que ele acordou. Espalhou a notícia em casa e na escola. Seu sorriso com janela está uma graça. É minha menina das águas, o primeiro dos próximos e novos dentes virão na primavera. 

publicado às 21:26

As primeiras palavras e o gosto por calçados

por Ivone Neto, em 27.08.09

Mama, papa, Abu, nane, alô e agora disparou a falar. Ela observa e depois fala. Eme para dizer que é meu, emem para dizer amém. É divertido vê-la aprender. É inspirador.

E a Isa adora sapatos, ninguém pode ficar descalço em casa, tem que calçar o papato. É um charme vê-la apreciando o “papato”. Ontem a levei em uma loja de calçados e foi muito engraçado ver seus olhos correndo pela prateleira. Pegava um, pegava outro e teimou de experimentar um que não cabe mais nem no dedinho dela.


E eis que sua escolha foi maravilhosa. Um tênis verde com detalhes rosa. Delicado, lindo no seu pé que ela chama de “P”. E mostrava para todos em casa levantando o “p” que estava de “papato” novo. Já vou avisar que quem quiser presentear a Isa é só comprar calçado que ela vai amar.
Essa fase de 1 ano 2 dois meses em breve é mesmo do início de muitas descobertas. O paladar dela é muito criterioso. Temos que inventar para ela experimentar. Seleciona os sabores, observa os detalhes, cheia de energia, a Isa é assim, uma linda menina das águas. E as águas estão sempre em movimento.

publicado às 21:27

tin tin...os dentinhos surgiram

por Ivone Neto, em 29.06.09

Ouvi o som dos dentes na colher...nem acrediteI...ontem foram os primeiros passos, agora os primeiros dentes..hum...dois despontando para o mundo.
 

Acompanhar o crescimento da minha bebê me ensina como cada passo anuncia que o ritmo da vida está em movimento.
 

Morder, experimentar, crescer, aprender e ensinar. Cair, levantar, imitar, tentar, renovar. São tantas palavras que sintonizam com meu momento maternidade.
 

A Isa é assim, tem aquele olhar observador e ao mesmo atrevido de quem vai aprontar travessuras...coisas da infância. Que maravilha brincar!

Agora é agradecer a Fada dos Dentes rsrsrs e cuidar com cuidado do dengo desse período. Faz dodói, mas tem muito carinho para acalentar.

publicado às 21:11


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D