Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


É dolorido ser mãe

por Ivone Neto, em 03.03.20

A jornada maternal é múltipla e, ao mesmo, única para cada mãe. Há muitos dilemas na maternidade, alguns até semelhantes, e ainda assim cada mãe sente, sofre e sorri, do seu jeito. Tem muitas alegrias. E também muitas dores. Entre esses extremos vamos aprendendo. Se tem um adjetivo contínuo nessa caminhada, é esse: aprendiz. Todos os dias dá para filtrar algum tipo de aprendizado.

Quando falo que é dolorido isso pode refletir muitos acontecimentos, sentimentos e fases. Das coisas mais simples do cotidiano até as mais complicadas. Pensei aqui no cansaço. Quantas vezes chorei de cansaço no banho, depois de uma rotina brava? Trabalho, jantar, casa, lição e no relaxamento do banho desaguei em choro. Talvez um alívio da tensão. E nos dias frios que enfrentei hospital com a Isa com crise de asma. Quantas vezes cheguei na madrugada e depois tive que levantar cedo para ir trabalhar!

Esta semana mesmo, na madrugada de domingo, fui surpreendida com o Arthur. Logo ele de sono longo, que demora a acordar pela manhã, acordou no meio da noite com uma coceira que durou muito mais do que eu podia imaginar. Havia um caroço no local, passei pomada, dei antialérgico e nada de passar. Ele ficou inquieto, não conseguia dormir, quis ir para sala assistir tv, deu sede, fome e as horas avançavam. Mãe isso, mãe aquilo, e eu ali, entre cochilos e aconchegos. Nessa ficamos das 1:30 até às 4:30. A hora que já levanto de segunda a sexta. Eis que ele adormeceu. E eu segui para o café, mochilas e tive que acordá-lo às 6:00 para se arrumar para a escola. E trabalhei todo dia com um sono pesado e a produtividade em baixa.

Eu poderia ilustrar outras cenas, com três filhos, tenho um repertório bem diversificado. Há muitas cobranças para que as mães sejam “perfeitas” e dê conta de tudo. Tem que ser assim, assado. Isso é impossível! Eu digo que não existe fórmula, o cardápio é distinto e cada receita maternal será diferencial por natureza. É um processo transformador. E que sim, é dolorido. Não imagine que ser mãe é apenas um mar com céu azul. E também não fique preocupada com os trovões. Quando a tempestade surgir é que você aprenderá a atravessar.

E sem tem uma escolha que fiz ultimamente, que tem surtido um efeito positivo, foi definir um tempo só meu, para meu cuidado, estudo, sim voltei a estudar e participar de clube de leitura. Se estou bem comigo, isso se reflete em muitos aspectos, inclusive em uma melhor versão da Mãe que vou me tornando.
84565079_10222332828896615_8121635993976569856_n.jSou mãe e também avó. A geração que segue...

publicado às 17:58

A Isa e o mar

por Ivone Neto, em 06.11.14

Tenho 3 filhos, 2 meninas e 1 menino. Cada um com seu elemento diferencial. Minha Isa é das águas. Sua sintonia com o mar é muito intensa. Sua alegria brincando com as ondas é uma das expressões de felicidades mais bonita que tenho a bênção de presenciar. Não é a toa que ele vive dizendo que quer morar na praia. Quando planejamos um passeio ao litoral ela fica contando os dias com aquele brilho no olhar de quem vai encontrar o que ama. E quando ela volta do passeio já fala de saudade. Desde pequena eu a chamo de menina das águas e ela disse, mãe eu sou é rainha das águas. Sim, filha, você é uma rainha e seu reino encatado tem cheiro de maresia.

guaruja4.jpg
Minha menina Rainha das ÁGUAS 

publicado às 10:14

Segunda vitoriosa

por Ivone Neto, em 23.08.10

A paciência é vital em muitos processos. Acrescente persistência, determinação e uma generosa dose de amor, e terá um caldo perfeito capaz de nutrir com energia motivadora os passos que nos conduzem a vencer os desafios. Hoje é uma segunda-feira de inverno e é a 4ª semana da Isabelly na escola. E, pela primeira vez, em plena segunda-feira, ela não chorou para vestir o uniforme e saiu comigo sorridente e caminhando. Estou muito feliz com essa conquista e a alegria do início dessa manhã vitoriosa é um bálsamo para trabalhar com muito afinco e conquistar as metas programadas da semana.


Outra lição reforçada é de que o tempo colabora positivamente quando verdadeiramente nos empenhamos. É preciso se comprometer de “corpo, alma e coração” com nossos objetivos. Só assim acordamos e dormimos com a energia renovada para seguir adiante. Se eu tivesse esmorecido com o choro da Isa teria escolhido o caminho mais fácil. Se eu tivesse desistido na 1ª e dolorosa semana não teria recebido o imenso presente de vê-la hoje saindo sorridente para ir brincar e aprender a compartilhar os passos de sua infância.  Se eu tivesse ouvido os outros ao invés de escutar minha voz não teria saboreado esse delicioso gosto de vitória. Então, por isso eu estimulo todas as mães a acreditar que somos sim capazes de eliminar o se e fazer acontecer nossos propósitos.


Essa segunda-feira, 23/08, é um dia marcante na minha jornada. É uma vitória para ser comemorada com muita FELCIDADE porque é uma entre muitas que estão na minha jornada Maternidade. E essa etapa traz ensinamentos que aplico em outros setores da minha vida porque nada é desmembrado, tudo está INTEGRADO!


E depois da escola ela chega em casa cheia de graça para brincar no seu canto.

publicado às 12:10

Natal com família

por Ivone Neto, em 27.12.09

 

Minha Isa está levada e cada dia mais esperta. No Natal passado ela mamava, esse já não mais. No Natal passado ela estava sentando, nesse correndo e falando. Sim, ela já forma frases “a uva caiu”. E como ela ama uva. E ela estava lá enfeitando a mesa da ceia simples e cheia de amor que reúne a família na noite de Natal.

Minha Bruna também está crescendo. Tornando-se cada dia melhor e ampliando suas experiências e aprendizados dessa fase tão importante que é a adolescência. Em 1 ano muita coisa passou. No balanço geral, o melhor que posso dizer é que ela está amadurecendo e, certamente, no próximo Natal estarei aqui escrevendo sobre sua evolução.

Meus irmãos estão seguindo seu caminho. Cada um com seu jeito, seus sonhos, suas trajetórias. E como é maravilhoso acompanhar o crescimento de todos e ver que cada passo é fundamental para cada um escrever sua história. E quantas histórias especiais acontecem no Natal de todos os tempos. E no tempo de cada ano vamos construindo os capítulos de nosso livro vida.

Minhas filhas são exemplos todos os dias do quanto podemos desenvolver nossa capacidade de aprender e melhorar sempre. Ser mãe é servir com tanto amor que não há como medir. Sentir e viver esse amor me traz a sensação de expansão.

publicado às 22:57

Feliz criança crescendo

por Ivone Neto, em 15.09.09

 

A Isa cresce e aparece. Ela tem um jeito fascinante e como aprende rápido tudo. É observadora, curiosa e gosta cada vez mais de sapatos. Ninguém pode ficar descalço em casa que ela faz logo colocar o “pato”.

Ela ainda mama. E como gosta desse “tetê”. Estou na fase difícil de tentar fazê-la largar, mas, está sendo um desafio doloroso. Mas vamos conseguir juntas. Minha menina das águas é turbinada e divertida.
Ela adora o DVD da Palavra Cantada, Pindorama, O Rato, A sopa...são canções que ela curte muito. Fica atenta, já pronuncia as palavras, diz “aga” quando ver o desenho do mar, bate palmas e vai aprendendo com a música.

Ela tem 1 ano e 2 meses e está na fase de correr e se machucar com os tombos. Faz parte! Outra coisa que ela aprecia é passear na rua e andar de carro. Sua expressão de alegria é contagiante. A Isa é assim muito especial.

publicado às 14:34

As primeiras palavras e o gosto por calçados

por Ivone Neto, em 27.08.09

Mama, papa, Abu, nane, alô e agora disparou a falar. Ela observa e depois fala. Eme para dizer que é meu, emem para dizer amém. É divertido vê-la aprender. É inspirador.

E a Isa adora sapatos, ninguém pode ficar descalço em casa, tem que calçar o papato. É um charme vê-la apreciando o “papato”. Ontem a levei em uma loja de calçados e foi muito engraçado ver seus olhos correndo pela prateleira. Pegava um, pegava outro e teimou de experimentar um que não cabe mais nem no dedinho dela.


E eis que sua escolha foi maravilhosa. Um tênis verde com detalhes rosa. Delicado, lindo no seu pé que ela chama de “P”. E mostrava para todos em casa levantando o “p” que estava de “papato” novo. Já vou avisar que quem quiser presentear a Isa é só comprar calçado que ela vai amar.
Essa fase de 1 ano 2 dois meses em breve é mesmo do início de muitas descobertas. O paladar dela é muito criterioso. Temos que inventar para ela experimentar. Seleciona os sabores, observa os detalhes, cheia de energia, a Isa é assim, uma linda menina das águas. E as águas estão sempre em movimento.

publicado às 21:27

amor de mãe, amor de filha

por Ivone Neto, em 03.08.09

Semana passada fiquei doente. Difícil a sensação de ter que ficar longe de casa. Dá medo e um certo vazio. Só que Deus é tão maravilhoso que nos permite recuperar e renovar nossas energias para voltar as atividades normais. Foi só um susto, desses que todos estão propensos a passar.

Tenho duas filhas amadas. Sempre digo que são saudáveis, belas e felizes. Uma tem 15, outra 1 ano. Diferença de idade, igualdade no amor. São meus frutos, meus tesouros, meu tudo. Minha Bruna escreve e me sempre me emociona com suas letras. Ela é assim fascinante e me surpreende com sua intensidade.

Quando cheguei do hospital ela tinha escrito:

"Aprenda a valoriza quem mais nos ama, aquela pessoa que NUNCA vai te deixar, que fez TUDO por você. Mãe a senhora é uma RAINHA, mais do que uma rainha, a senhora é um anjo. Mano, ninguém tem a mãe que eu tenho, que brinca comigo, que grita junto cmg, que fala dos gatos junto cmg, que me diverti, que me acha MARAVILHOSA. E é impossível descrever nisso como eu te amo. O meu coração é feito de pedaços e todos são preenchidos com o seu amor. A senhora é o motivo de eu estar aqui, todos os dias. Apenas por você MÃE. Eu iria até o inferno só pra colocar um sorriso no rosto, e eu sei que nada que eu faça na minha vida inteira vai poder mostrar como eu so grata por você ser essa mãe ÚNICA que você é, sem dúvidas a melhor do mundo! Minha amiga, minha estrela guia, minha luz de todos os dias,a minha alma é SUA. É por você que eu respiro minha dádiva ♥"

Como diz minha filha: "amor é só de mãe"
Completando: amor de filha também é único.

publicado às 19:38

A primeira febre

por Ivone Neto, em 17.07.09

 

Minha amada Isa já completou 1 ano. Domingo passado foi seu batismo. Na segunda-feira, ainda na madrugada, foi também sua primeira febre. Suas bochechas estavam rosadas, seu corpo fervendo, seu choro de dor. O primeiro susto!

Febre, dor de garganta, assadura, dor, choro, falta de apetite, tudo ao mesmo tempo. Como é difícil para uma mãe ver o filho chorando. Todos os procedimentos tomados, remédios e etc. Santas receitas da vovó.

E que felicidade vê-la novamente correr pela casa e sorrir. Está sarando. Seu olhar já está mais brilhante, seu sorriso amplo, sua alegria com os brinquedos e sua energia contagiante indicam que a luz do seu Sol está radiante para a vida.

E termino a semana agradecendo a bênção da saúde.
Iluminada Isa cercada de amor e cuidados. Amém!

publicado às 15:42

Primeiros passos

por Ivone Neto, em 25.06.09

É emocionante ver minha Isa trilhando seus primeiros passos. Ela está aprendendo a equilibrar o corpo, cai, levanta e vai persistindo até conseguir. Ela vê um alvo que a interessa e luta para chegar lá. É uma lição de persistência.

O sorriso,o olhar, o corpo inteiro vibra quando ela chega ao lugar desejado. Ali ela brinca, sorri, diverte-se até algo novo chamar sua atenção ou a fome sinalizar que é hora de mamar. Esse processo de evolução dos primeiros passos, das primeiras palavras, das gracinhas, dos bicos e de tudo mais, é cheio de surpresas e encantos.

Tem também a dor dos dentes que estão apontando. Ela fica mais dengosa, só querendo colo de mamãe em alguns momentos, mas tudo isso faz parte. E o banho então. Como estamos no inverno ela chorou ao sentir frio. E olha que ela adora o banho. O choro é uma expressão que indica que algo a está incomodando e aos poucos vamos aprendendo a identificar quando é manha, quando é dor....a maternidade tem dessas e diversas outras coisas!

Tem dias que estou muito cansada...a dor nas costas perturba...ela está pesada..o sono da madrugada quando me esforço ao máximo para ficar alerta para não cair de sono ao amamentar...e rezo pedindo forças para conseguir manter-me firme porque sei o quanto somos importantes nessa fase tão vital. E quando ela dorme, fico contemplando seu ar angelical.

A Isa é tão observadora, saudável, alegre e cheia de energia. Essa sua energia me dá entusiasmo, criatividade e tantos ensinamentos.Minha gratidão é enorme por essa bênção tão especial chamada Isabelly.

publicado às 11:29

Pôr do sol no domingo

por Ivone Neto, em 29.05.09

O vermelho alaranjado tingia o céu da cidade no entardecer do domingo. Visão encantadora do sol entre os prédios. Sua imensidão de luz é mesmo contagiante. Esse espetáculo da natureza nos faz refletir sobre o ciclo do dia, da noite, das luas, das estações, da vida.

Não é sempre que temos esses momentos de paz no cotidiano da cidade. Foi um presente presenciar esse céu vibrante despedindo-se do dia e saudando a noite que veio acompanhada de estrelas brilhantes de outono.

Domingo com a família, com churrasco, pudim, mousse e macarrão. Tem a cerveja, o vinho e conversas amigas e divertidas. A música dá o tom da alegria. E como são alegres os dias com a Isa sorrindo, brincando e recheando os ambientes de graça.

E assim renovei minhas energias para iniciar a última semana de maio. Mês das Mães, especial por excelência. Mês de bênçãos, de mudanças e organização. Consegui cumprir minha agenda Alpha, implantar mudanças positivas no trabalho. Nossa! E o tempo passa e eu vou construindo meus passos esforçando-me para viver com muito amor, gratidão, fé e energia de prosperidade em todos os sentidos.

Obrigada Sol do entardecer do domingo. Quanta paz eu senti ao contemplar suas cores iluminando o céu da cidade. Aqui, nesse mundo de “OS” vou olhar com mais atenção os dias que nascem e se renovam perenemente.O pôr do sol na cidade me fez viajar até o mar

O Pôr do Sol na cidade me fez lembrar dele no mar...
espelhado na praia com tons dourados e belos.
Ele molda belos cenários em diferentes praias dos oceanos do nosso Planeta. 

 

Essa imagem foi clicada por meu irmão Paulo Eugênio em sua recente viagem ao Caribe

2009 - Ano do Sol
Que sua energia nos guie para um caminho de fertilidade!

publicado às 15:49


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D