Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Elo de Grandeza

por Ivone Neto, em 13.01.11

Ser mãe nos dá um sentido de grandeza diante do desafio que temos por toda a vida. Acompanhar os passos dos filhos é uma rica oportunidade de aprendizado. Tenho duas filhas com idades bem distintas. Uma com 16 anos e outra com 2 anos e meio. Minha Bruna escreve e me emociona com suas letras carregadas de intensidade. A Isa tem uma energia pulsante e seu sorriso enche nosso lar de felicidade.


A Bruna está numa fase de crescimento e sei que esse período será determinante para a sequência de sua jornada. Ela está “encontrando a pele de sua alma” e esse processo é, sem dúvida, muito precioso. Quanto mais ela estiver próxima de si terá clareza e desenvolverá sua capacidade de realizar seus sonhos. Tenho muito orgulho de suas percepções e do modo como ela expressa suas leituras. Sei que sentirei saudades de sua presença física quando ela estiver viajando pelo mundo. Por outro lado, tenho certeza de seu sucesso e de que ela encontrará seus tesouros pelos caminhos que percorrer.


A Isa diz que já é grande e ai de quem duvidar. “Sou gande”. Ela fala de uma forma tão decidida que me encanta. É uma sensação que emana uma presença firme e uma crença fiel. Que esse sentimento de grandeza evolua cada vez mais fortalecendo seu espírito questionador. Ela é uma criança que tem um olhar vibrante, cujo brilho, é tão especial que inunda minha alma de luz. É uma visão do coração e sei que nele há vida e amor em abundância.


A Isa saindo das fraldas. A Bruna navegando por seu universo. As duas revelando que o tempo é atemporal para o amor. Minhas filhas são estrelas na constelação de minha vida. Há um elo de grandeza entre nós.

Minhas filhas Bruna e Isabelly, meu elo sagrado de amor

publicado às 22:38

As fases da Bruna

por Ivone Neto, em 06.12.10

Minha filha maior tem 16 anos. Ela já passou por muitas fases, assim como a maioria das adolescentes de sua idade. Claro que cada pessoa é única e vivencia ao seu modo cada experiência. Apesar das semelhanças em alguns aspectos com outras garotas de sua idade, percebo com gratidão que ela está crescendo muito e aprendendo com cada erro e acerto de forma diferencial. Em 2010, em especial, senti que ela avançou na percepção e espero que sua leitura continue refinada para seguir melhorando.


Ela tem suas “neuroses” como muitos e quem nas as tem? O importante é ter coragem de enfrentar nossas sombras e olhar para a verdade de nossa essência. Espero que minha filha invista em seu autoconhecimento para fazer escolhas alinhadas aos seus reais propósitos. Às vezes observo-a dormindo e rezo para que ela tenha cada vez mais sede de aprender sobre si mesmo porque sei que isso é fundamental para nos relacionarmos melhor com o próximo. Conhecer a si é um passo constante por que temos a oportunidade de mudar sempre.  

Minha Bruna hoje tem raros amigos. Pessoas que realmente a amam. Um deles é o Anderson e eu o estimo muito pela paciência que ele tem rsrsrs. Ele sempre enaltece sua beleza singular e além de realçar sua beleza física reconhece seu potencial. Ela também enxerga a luz que brilha do espírito desse amigo tão especial. Quando conseguimos ver e ser visto é sinal de que há vibração harmonizada.

Resolvi escolher 2 palavras para caracterizar o 2010 da Bruna: Limpeza e evolução.Desejo para 2011 muita felicidade para minha filha, e, acima de tudo, que ela continue questionando porque “quem questiona avança” como diz minha amiga Fatyma de Moraes.

Minha linda Bruna, minha filha amada. Que Deus a ilumine com seu amor divino. Amém!

publicado às 19:22

Segunda vitoriosa

por Ivone Neto, em 23.08.10

A paciência é vital em muitos processos. Acrescente persistência, determinação e uma generosa dose de amor, e terá um caldo perfeito capaz de nutrir com energia motivadora os passos que nos conduzem a vencer os desafios. Hoje é uma segunda-feira de inverno e é a 4ª semana da Isabelly na escola. E, pela primeira vez, em plena segunda-feira, ela não chorou para vestir o uniforme e saiu comigo sorridente e caminhando. Estou muito feliz com essa conquista e a alegria do início dessa manhã vitoriosa é um bálsamo para trabalhar com muito afinco e conquistar as metas programadas da semana.


Outra lição reforçada é de que o tempo colabora positivamente quando verdadeiramente nos empenhamos. É preciso se comprometer de “corpo, alma e coração” com nossos objetivos. Só assim acordamos e dormimos com a energia renovada para seguir adiante. Se eu tivesse esmorecido com o choro da Isa teria escolhido o caminho mais fácil. Se eu tivesse desistido na 1ª e dolorosa semana não teria recebido o imenso presente de vê-la hoje saindo sorridente para ir brincar e aprender a compartilhar os passos de sua infância.  Se eu tivesse ouvido os outros ao invés de escutar minha voz não teria saboreado esse delicioso gosto de vitória. Então, por isso eu estimulo todas as mães a acreditar que somos sim capazes de eliminar o se e fazer acontecer nossos propósitos.


Essa segunda-feira, 23/08, é um dia marcante na minha jornada. É uma vitória para ser comemorada com muita FELCIDADE porque é uma entre muitas que estão na minha jornada Maternidade. E essa etapa traz ensinamentos que aplico em outros setores da minha vida porque nada é desmembrado, tudo está INTEGRADO!


E depois da escola ela chega em casa cheia de graça para brincar no seu canto.

publicado às 12:10

Abraço que aquece a alma

por Ivone Neto, em 10.04.10

Está frio e nada tão gostoso para aquecer como um abraço afetuoso das filhas. O abraço da Bruna é tão carinhoso, tão leve, tão especial como ela. O da Isa é uma delícia, apertado e tão puro. Eu tenho a sorte de abraçar minhas filhas todos os dias. É uma felicidade sublime sentir o cheiro delas e todo o amor que emana do afetuoso abraço das minhas amadas filhas.

O abraço das minhas filhas tem um calor que aquece a alma, que suaviza o coração, que inunda de ternura o meu lar. É um abraço azul esverdeado com tons dourados que colorem o ambiente de muita alegria e amor. Cada vez que as abraço sinto uma força gigante inundar meu ser. É uma troca de energia intensa que alimenta meu espírito da certeza de que há uma ligação sagrada entre nós.

 

Minhas filhas são meus tesouros e eu aprendo muito com a fase de cada uma. Minha Bruna este mês fará 16 anos. Parece que foi ontem que ela nasceu e me olhou com seus lindos e expressivos olhos verdes. Agora está crescendo na transição das experiências, com as leituras, as vivências e posso certamente afirmar que estamos cada vez ficando mais próximas. Ela tem um talento criativo espetacular e sei que chegará longe com seu estilo inconfundível. Ela é mesmo uma jóia rara.

 

A Isa está na fase de descobrir. Seus olhos brilham curiosidade. Seu jeito levado enche a casa de graça. Sua risada é uma canção de entusiasmo. Ela gosta de amarelo. Já conta até 10 e adora sua casa. Ela sabe apreciar seu canto. Quando ela está feliz seu corpo fica saltitante, parece que vai flutuar de tanta vibração. É uma energia que contagia minha vida. Gosto de observá-la dormir. Dá para sentir sua aura angelical enquanto descansa e sonha.

Por toda eternidade quero abraçá-las e viver essa sensação única de amor transbordando.

publicado às 01:32

A Bruna trabalhando, a Isa falando, as duas crescendo...

por Ivone Neto, em 15.03.10

...e como os filhos crescem rápido. Olho para Bruna que logo completará 16 anos e penso nela bebê chupando a “pepeta” como a Isa chama, mas, não usa. Minhas duas filhas são minha inspiração, motivação e força. Observá-las dormindo me traz uma sensação tão plena de paz. Rezo muito para que seus passos sejam abençoados com muita luz.

A Isa já conta até 10 e faz uma festa quando chega ao final de sua contagem. E como é maravilhosa a energia de celebrar uma conquista. É um combustível para avançarmos no processo de desenvolvimento. E é incrível como ela gosta de “casa”, ela ama seu espaço, sua “mama”. Sim ela ganhou cama porque o berço foi apenas para enfeitar. O lençol e o edredon de moranguinho com flores colorem seu cantinho de dormir e brincar. A gestação empreendedora da Isa é uma história fantástica da minha vida.

A Bruna logo terá 16 anos e está procurando trabalho. Já está até fazendo free em festas infantis. Sei que está entrando em outra fase e que isso representa muito, é uma etapa marcante em sua trajetória. Fico tão emocionada em vê-la motivada para trabalhar e conquistar seu espaço, aprimorar suas habilidades, descobrir um novo horizonte e aprender que podemos evoluir sempre quando enfrentamos o desafio de mudar e melhorar. E ela continua a escrever nos seus Blogs. Minha filha é uma Blogueira e sei que isso vai render. Começou o balet e está empolgada. A música é uma de suas paixões. Ela gosta de Coldplay e ando vendo vídeos e letras das músicas dessa banda que tocam seu coração. São magníficas.

 

 Minhas filhas me ensinam muito e agradeço muito pela graça da maternidade. O sorriso da Bruna e o da Isa são tão divinos. Abraçar minhas filhas, beijá-las, rezar por elas todos os dias, tentar ensinar o melhor que eu posso e amar com toda força da minha vida, é, sem dúvida, minha maior missão. Sempre estarei com elas porque acredito que os laços de amor verdadeiros são eternos.

Somos micro integrados no macro dessa rede cósmica. A Isa e a Bruna já foram semelhantes a um pequeno grão formado pela união da energia masculina e feminina na concepção, da reprodução, do prazer e do amor. Elas cresceram em meu útero, foram nutridas pela água, sangue e nutrientes que conectam de forma tão divina o corpo mãe-filha. É uma troca energética fascinante. Elas são núcleos, sementes e frutos, são DNA, estrelas, água, terra, fogo e ar, são partículas da vida e eu as amo de forma tão intensa que nenhuma palavra pode descrever. Amar é sentir.

publicado às 00:03

amor de mãe, amor de filha

por Ivone Neto, em 03.08.09

Semana passada fiquei doente. Difícil a sensação de ter que ficar longe de casa. Dá medo e um certo vazio. Só que Deus é tão maravilhoso que nos permite recuperar e renovar nossas energias para voltar as atividades normais. Foi só um susto, desses que todos estão propensos a passar.

Tenho duas filhas amadas. Sempre digo que são saudáveis, belas e felizes. Uma tem 15, outra 1 ano. Diferença de idade, igualdade no amor. São meus frutos, meus tesouros, meu tudo. Minha Bruna escreve e me sempre me emociona com suas letras. Ela é assim fascinante e me surpreende com sua intensidade.

Quando cheguei do hospital ela tinha escrito:

"Aprenda a valoriza quem mais nos ama, aquela pessoa que NUNCA vai te deixar, que fez TUDO por você. Mãe a senhora é uma RAINHA, mais do que uma rainha, a senhora é um anjo. Mano, ninguém tem a mãe que eu tenho, que brinca comigo, que grita junto cmg, que fala dos gatos junto cmg, que me diverti, que me acha MARAVILHOSA. E é impossível descrever nisso como eu te amo. O meu coração é feito de pedaços e todos são preenchidos com o seu amor. A senhora é o motivo de eu estar aqui, todos os dias. Apenas por você MÃE. Eu iria até o inferno só pra colocar um sorriso no rosto, e eu sei que nada que eu faça na minha vida inteira vai poder mostrar como eu so grata por você ser essa mãe ÚNICA que você é, sem dúvidas a melhor do mundo! Minha amiga, minha estrela guia, minha luz de todos os dias,a minha alma é SUA. É por você que eu respiro minha dádiva ♥"

Como diz minha filha: "amor é só de mãe"
Completando: amor de filha também é único.

publicado às 19:38

Primeiros passos

por Ivone Neto, em 25.06.09

É emocionante ver minha Isa trilhando seus primeiros passos. Ela está aprendendo a equilibrar o corpo, cai, levanta e vai persistindo até conseguir. Ela vê um alvo que a interessa e luta para chegar lá. É uma lição de persistência.

O sorriso,o olhar, o corpo inteiro vibra quando ela chega ao lugar desejado. Ali ela brinca, sorri, diverte-se até algo novo chamar sua atenção ou a fome sinalizar que é hora de mamar. Esse processo de evolução dos primeiros passos, das primeiras palavras, das gracinhas, dos bicos e de tudo mais, é cheio de surpresas e encantos.

Tem também a dor dos dentes que estão apontando. Ela fica mais dengosa, só querendo colo de mamãe em alguns momentos, mas tudo isso faz parte. E o banho então. Como estamos no inverno ela chorou ao sentir frio. E olha que ela adora o banho. O choro é uma expressão que indica que algo a está incomodando e aos poucos vamos aprendendo a identificar quando é manha, quando é dor....a maternidade tem dessas e diversas outras coisas!

Tem dias que estou muito cansada...a dor nas costas perturba...ela está pesada..o sono da madrugada quando me esforço ao máximo para ficar alerta para não cair de sono ao amamentar...e rezo pedindo forças para conseguir manter-me firme porque sei o quanto somos importantes nessa fase tão vital. E quando ela dorme, fico contemplando seu ar angelical.

A Isa é tão observadora, saudável, alegre e cheia de energia. Essa sua energia me dá entusiasmo, criatividade e tantos ensinamentos.Minha gratidão é enorme por essa bênção tão especial chamada Isabelly.

publicado às 11:29

Devoção Mãe Maria

por Ivone Neto, em 11.04.09

 

Em toda mulher, em toda mãe, há traços de Maria...
Amém!

Mãe de todas as Mães. Cheia de graça a espalhar bênçãos.
Nossa Senhora de muitas faces e grandioso Amor.
Mãe que acolhe, ampara, socorre, nutre e ilumina os caminhos.

Teu nome é tão doce, tão terno, tão repleto de Luz: Maria
Mãe Plena, Soberana, Rainha
Nossa Senhora de tantas cidades, lugares e pessoas
Todos os cânticos reverenciam sua Essência de Amor
Os anjos do céu proclamam sua paz e esperança
Seu exemplo de entrega e fé ao chamado do Pai é um milagre que multiplica milagres

Mãe Maria, Nossa Senhora de Fátima,
Nossa Senhora Aparecida,
Maria Desatadora dos Nós...Nossas Senhoras Marias
Rogai por Nós

Mãe Amada e Glorificada do Filho de Deus
Sou eternamente grata pela sua proteção
Amém!

publicado às 00:43

Desafio de ser Mãe

por Ivone Neto, em 17.03.09

Tenho duas filhas com idades bem diferentes. No outono que já sopra, uma delas irá completar 15 anos e a outra 9 meses. Um desafio e uma oportunidade vivenciar fases tão distintas, delas e minha. Elas crescem, eu amadureço. É uma troca espetacular aprender e ensinar de forma simultânea e tão intensa.

Vou construindo minha maneira de ser mãe de acordo com as novas situações que surgem. O importante é que aprendi encarar os problemas por outro ângulo, com positividade, como possibilidade para desenvolver nossa capacidade de criar e recriar, de tentar encontrar soluções com foco no melhor caminho, o da compreensão, do diálogo, da amizade e do amor. Isso não quer dizer que não seja preciso ser exigente e enérgica, pelo contrário, como sempre tive grande dificuldade em dizer NÃO esse processo tem me ensinado que ele é muito valioso em determinadas ocasiões e que pode ser seguido de um SIM que simboliza um grande tesouro. A maternidade é uma bênção e uma grande missão.

 

Cada dia mais eu enxergo que tudo tem um propósito e me surpreendo farejando alertas. É minha intuição sendo praticada, é minha voz interior que orienta e como coração de mãe tem uma intuição aflorada em relação aos filhos. Lembrei de um ditado que minha mãe de vez em quando pronuncia “quando meu coração palpitar....”. Esses “palpites” de mãe merecem atenção. Claro que nem sempre, principalmente, em fases como a adolescência é fácil ensinar os filhos a importância de ficar atento aos sinais, afinal, eles tem seus anseios próprios, estão descobrindo o mundo e certas coisas vão aprender com o tempo e as vivências. Por isso é preciso encontrar um canal de comunicação para que a orientação seja assimilada respeitando a individualidade e o ritmo dos filhos.

 

Nossa família é uma mistura de Água&Terra. Pai e Mãe, Terra e Água, Filhas Terra e Água, respectivamente. Somos tão parecidos e ao mesmo tempo tão diferentes. É uma diversidade conectada de elementos. As filhas têm tanto do pai. Os dois Terra e Terra que o digam, talvez por isso são próximos e distantes, vão de extremos de iguais a distintos, semente e fruto com semelhanças e singularidades únicas, mas que se reconhecem em tantas coisas. A linguagem entre eles tem um formato com poucas palavras e muito sentido. E o PAI com um abraço, um colo e palavras vindas do coração quebra o gelo e promove mudanças demonstrando do seu jeito a imensidão do amor que os une. E o choro de emoção é um retrato do diálogo só deles.

 

Presenciar esses momentos me traz felicidade e a certeza que tocar, sentir e movimentar o amor em família é um desafio grandioso e que, acima de tudo, somos seres unidos por um laço de Amor tão profundo, eterno e abençoado. Com muita fé, agradeço essa graça que me fortalece todos os dias: FAMÍLIA.

publicado às 13:59

Música, som que toca os sentidos

por Ivone Neto, em 10.03.09

Música para dançar, relaxar, namorar...no carro, em casa ou em outro lugar, a música acompanha nossa vida de forma singular. Registrando acontecimentos, marcando momentos, em épocas e ritmos diferentes, sua presença é intensa na história de cada pessoa.

 

No encontro com amigos, nas baladas noturnas, nas festas familiares, nos rituais sagrados e como companheira na reflexão, a música nos alegra, acalma, contagia e emociona. Nos pequenos e grandes eventos ela está lá para dar o clima e o movimento.

 

A música é também excelente para saúde, o avanço dos estudos e aplicação da musicoterapia mostram sua função terapêutica no tratamento de problemas físicos, mentais e cognitivos. Cada vez mais pessoas e grupos estão encontrando na música formas para restaurar suas energias, desenvolver seu potencial e melhorar a qualidade de vida.

 

Viva a música que nos faz lembrar de uma viagem, de um romance, de uma conquista, de um amigo ou tantas outras passagens de nossa existência. É o som que inunda a alma despertando e nutrindo sentimentos. Já dizia o personagem Duque de Orsino na Peça Noite de Reis de Shakespeare: “se a música é o alimento do amor, continuem tocando.”

publicado às 10:27


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D