Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Primeiro mês do Arthur

por Ivone Neto, em 19.05.12

Quando chegamos da maternidade iniciamos um novo processo em casa. Uma nova rotina que inclui novas tarefas, alegrias, cansaço, recuperação, renovação, vacinas, fraldas, cólicas, pediatra e os tantos detalhes da jornada inicial da chegada do bebê. São ações externas nas quais registramos o cuidado carinhoso que emana do amor que pulsa em nosso coração. Essa fase tem muito significado em minha vida. É tempo de acolhimento e mudanças.

 

Toda gestação traz em si a fogueira da transformação. A minha fogueira tem labaredas imensas que faíscam reflexões intensas.

A proximidade com a pureza da criança desperta uma sensibilidade intuitiva profunda e nos faz repensar os cenários atuais com clareza. O Arthur é um elo que me presenteia com a oportunidade de amplificar minhas escolhas em sintonia com meu coração. É uma inspiração para melhorar em todos os sentidos. Em primeiro lugar preciso melhorar comigo. Começo a perceber o quanto me distanciei de mim em função dos outros. E, sinceramente, estou exausta. Preciso me incluir como prioridade para agregar os demais de forma equilibrada. Reconectar e fazer das minhas escolhas prioridades.

 

O Arthur cresce e junto cresce meu desejo ardente. Ações para criar e consolidar um novo roteiro já está em curso. Quanto aprendizado em 1 mês, quanta sabedoria na contemplação e no silêncio. Quantas bênçãos no AMOR que irradia da aura do meu pequeno anjo-menino. Sinto muita gratidão pela presença do Arthur e tenho convicção plena de que os próximos passos serão iluminados e prósperos. Assim seja. Assim será. Amém!

publicado às 20:13

Diferentes partos

por Ivone Neto, em 26.04.12

Tive 3 gestações e cada uma é diferente. Meus dois primeiros partos foram normais e o terceiro último cesárea. Há uma enorme diferença nos procedimentos e hoje posso comparar as grandes vantagens do parto normal. Muitas mulheres por temer as dores das contrações já optam desde o início do pré-natal pela cesárea. Em outros casos, a cirurgia é necessária em razão de intercorrências ou por problemas de saúde da mãe.

 

Hoje com as experiências dos 3 partos, posso afirmar que o parto normal é muito mais recomendado. Nosso organismo participa ativamente do momento do parto e todo processo acontece de modo natural. O corpo é inteligente e ágil na recuperação.


Já estou em casa com meu filho e apesar de estranhar a recuperação pós-cesárea, bem diferente das anteriores, estou muito feliz com a presença iluminada do meu filho em minha vida. É maravilhoso estar em casa depois de ficar no hospital, sentir o carinho do lar é especial. Nosso espaço é sagrado.

publicado às 16:42

A Isa, a família e as mudanças com a chegada do Arthur

por Ivone Neto, em 14.04.12

Minha menina das águas está se preparando para a chegada do seu irmão Arthur. É um processo que requer muita atenção para lidarmos com as atenções e os diferentes cuidados de cada fase. O espaço está sendo alterado. As compras vão chegando: berço, banheira, carrinho, roupas e acessórios de bebê, fraldas. São mudanças significativas na rotina da família e tenho procurado fazê-la participar para se sentir próxima.

Desde que o berço foi montado ela mudou da cama para o berço. E o engraçado é que está dormindo a noite inteira. Todos os dias eu converso com a Isa avisando de que logo o Arthur irá chegar e que nesse momento ela deve retornar a sua cama já que o berço é o lugar do bebê dormir. Ela responde: “ainda não nasceu”. Acredito que será uma fase de muito aprendizado para a Isa quando o Arthur nascer. Aliás, será um período aprendiz para toda família.

 

Minha primogênita completará 18 anos esse mês, o Arthur vai nascer e a rotina da Isa irá mudar. Nova programação para ir à escola sem minha presença, licença maternidade e tantas outras mudanças que iremos moldando no cotidiano.. Um novo caminho para trilhar na minha jornada maternal. Vamos caminhar!

publicado às 11:09

Fase final gestação

por Ivone Neto, em 24.03.12

Todo ciclo é aprendiz. São ações conectadas gerando resultados.  A pequena semente crescendo em meu ventre e se preparando para sua chegada, para conhecer um novo mundo repleto de novidades. Dos enjoos iniciais para o cansaço final são semanas e várias fases lunares.  É uma jornada de consultas, exames e rotinas da gravidez. Hoje acordei pensando nesse caminho da gestação e refletindo sobre como cada dia, semana, mês e passos são importantes em todos os processos da vida.

Lembrei-me do susto que tive ao descobrir a gravidez.  Fiquei realmente perplexa porque não estava em nossos planos um novo bebê. Mas, a vida caça jeito e, como diz minha amiga Fatyma de Moraes, tudo tem um propósito maior. O Arthur é um presente divino e aceito de todo coração esse desafio maternal. Ele já está me ensinando tanto e eu o amo intensamente. Meu príncipe menino veio para completar nossa família.

 

A família crescendo e nessas semanas finais a ansiedade é grande. Estou ansiosa sim, como tantas mães, neste mês final da gravidez. A expectativa do parto, o desejo de ter o bebê em meu colo e de logo está com meu filho em casa. Meu sonho azul é presença viva em meus dias e está sendo esperado com muito amor.

publicado às 11:20

Cada gravidez é única

por Ivone Neto, em 11.02.12

Fases diferentes, situações opostas, gravidez distintas. Estou no 7º mês da minha 3ª terceira gestação e quantas surpresas nesse ciclo maternal. No começo os muitos enjoos me deixaram aflita. Sim, fiquei irritada com tanto vômito, digo até que fiquei azeda. Felizmente passou, tormentos passageiros que nos ensinam que o perene é muito mais valioso e que enfrentar os desafios é necessário para avançar. Tudo seguiu tranquilo até a pneumonia. O som e as dores da tosse incomodam muito. Um turbilhão acontecendo ao meu redor e meu corpo deu sinais de que é preciso ter um cuidado maior e não protelar ações para evitar danos maiores. Mais uma etapa vencida com aprendizado dolorido.


Meu filho Arthur está ativo em meu ventre, ele movimenta e eu sinto sua presença tão firme. Ele irá inaugurar um novo ciclo em minha jornada e agradeço por esse presente especial que eu amo tão intensamente que não há palavras que possam descrever a imensidão do amor. É meu laço azul menino que renova minha esperança de que a vida é criativa por essência e que nossa natureza é integrada ao universo da criação de forma sagrada.


Nessas semanas finais quero relaxar, meditar e me concentrar para o parto com tranquilidade. Preciso organizar o chá de bebê, comprar o enxoval do Arthur, arrumar seu canto e aguardar sua chegada com muita esperança e amor. Ele nascerá em abril, nos bons ventos do outono, no mês que minha filha Bruna completará 18 anos. A Isa que em julho fará 4 anos também está empolgada com seu irmão. O pai está acompanhando o processo e sei que apesar da grande mudança que irá representar, está feliz com seu filho.

Minha última gravidez ficará registrada na minha memória coração. Meu filho Arthur será recebido com muito AMOR.

Mamãe Maria Ivone!

publicado às 08:13


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Posts mais comentados


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D