Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Cotidiano mãe

por Ivone Neto, em 22.05.15


Essa semana descrevi as primeiras horas da minha manhã. Escrever -  mesmo que de forma rápida - esses passos dos primeiros momentos do dia me fez refletir sobre quanto nós mães fazemos em um curto espaço de tempo. Alimentação, arrumação, escola, locomoção, trabalho e o terceiro tempo com jantar, banho, lição e etcs, transforma nosso dia em um emaranhado de tarefas.  É realmente um desafio organizar tudo e entre tropeços e acertos eu vou tentando fazer o melhor.  Tem dias que esqueço isso, noutro aquilo e vou dando um jeito aqui e acolá para ir encaixando o essencial.

Cada família tem seu ritmo, a minha demanda muita energia no meu cotidiano. Entre alegrias, choros, surpresas e adversidades, vamos caminhando.

crias.jpg
Minha tríade sagrada

 

Quinta-feira, 21/05: Primeiras horas manhã:

4:00 acordar mamadeira Arthur. 6:00 levantar preparar café, arrumar mochilas e uniformes escola, Isa acorda e pede alimento, banana, suco. E ajudar lição. Estender a roupa da máquina, tentar encontrar 1 par de meia, ufa preciso ir ao banheiro, vestir, coloco calça, acorda Arthur. Preparar mamadeira, colocar uniforme nele e que exercício, coloco uma perna, ele sai pulando, coloco outra, até que consigo tudo e vamos escovar dentes. Volto para tentar me arrumar, blusa, pentear cabelo, passar protetor solar. Ah...falta o lanche da Isa, vamos pegar.  Vamos Arthur, ah não já está só de meia. Encontrar tênis, colocar. Bruna chama: vamos elevador cegou. Segura que vou colocar meu sapato. Até que enfim todos no elevador para primeira fase do dia. 7:50 manhã.


Sexta-feira, 22/05
5:15 levanto. Vou direto tomar meu remédio da tireoide. Olho a louça do jantar na pia. E vamos lá limpar a pia. Louça lavada, tomo meu limão matinal e preparo o café. Vou ao banheiro antes de alguém acordar. Volto para cozinha e já ouço resmungos no quarto. Preparo rápido mamadeira do Arthur que acordou. Olho o relógio, 6:00, deito uns 5 minutos com ele que faz cafuné em meu cabelo. Hoje ele acordou de excelente humor. A Isa entra no quarto para o chamego dela, abraço, cheiro. E vamos todos pra sala. Hora dela se alimentar, banana e suco. Preparo o Arthur, as mochilas dos dois, e os dois escovam os dentes brigando por espaço no banheiro pequeno. E lá eu vou eu me arrumar e procurar a carteira de vacinação do Arthur. Hoje ele não escapa da vacina. Termino de me arrumar e eis que encontro a carteira. Ufa! Na hora de sair Arthur diz? Quero fazer cocô! Volta tudo...

publicado às 20:13

A Bruna trabalhando, a Isa falando, as duas crescendo...

por Ivone Neto, em 15.03.10

...e como os filhos crescem rápido. Olho para Bruna que logo completará 16 anos e penso nela bebê chupando a “pepeta” como a Isa chama, mas, não usa. Minhas duas filhas são minha inspiração, motivação e força. Observá-las dormindo me traz uma sensação tão plena de paz. Rezo muito para que seus passos sejam abençoados com muita luz.

A Isa já conta até 10 e faz uma festa quando chega ao final de sua contagem. E como é maravilhosa a energia de celebrar uma conquista. É um combustível para avançarmos no processo de desenvolvimento. E é incrível como ela gosta de “casa”, ela ama seu espaço, sua “mama”. Sim ela ganhou cama porque o berço foi apenas para enfeitar. O lençol e o edredon de moranguinho com flores colorem seu cantinho de dormir e brincar. A gestação empreendedora da Isa é uma história fantástica da minha vida.

A Bruna logo terá 16 anos e está procurando trabalho. Já está até fazendo free em festas infantis. Sei que está entrando em outra fase e que isso representa muito, é uma etapa marcante em sua trajetória. Fico tão emocionada em vê-la motivada para trabalhar e conquistar seu espaço, aprimorar suas habilidades, descobrir um novo horizonte e aprender que podemos evoluir sempre quando enfrentamos o desafio de mudar e melhorar. E ela continua a escrever nos seus Blogs. Minha filha é uma Blogueira e sei que isso vai render. Começou o balet e está empolgada. A música é uma de suas paixões. Ela gosta de Coldplay e ando vendo vídeos e letras das músicas dessa banda que tocam seu coração. São magníficas.

 

 Minhas filhas me ensinam muito e agradeço muito pela graça da maternidade. O sorriso da Bruna e o da Isa são tão divinos. Abraçar minhas filhas, beijá-las, rezar por elas todos os dias, tentar ensinar o melhor que eu posso e amar com toda força da minha vida, é, sem dúvida, minha maior missão. Sempre estarei com elas porque acredito que os laços de amor verdadeiros são eternos.

Somos micro integrados no macro dessa rede cósmica. A Isa e a Bruna já foram semelhantes a um pequeno grão formado pela união da energia masculina e feminina na concepção, da reprodução, do prazer e do amor. Elas cresceram em meu útero, foram nutridas pela água, sangue e nutrientes que conectam de forma tão divina o corpo mãe-filha. É uma troca energética fascinante. Elas são núcleos, sementes e frutos, são DNA, estrelas, água, terra, fogo e ar, são partículas da vida e eu as amo de forma tão intensa que nenhuma palavra pode descrever. Amar é sentir.

publicado às 00:03

A primeira febre

por Ivone Neto, em 17.07.09

 

Minha amada Isa já completou 1 ano. Domingo passado foi seu batismo. Na segunda-feira, ainda na madrugada, foi também sua primeira febre. Suas bochechas estavam rosadas, seu corpo fervendo, seu choro de dor. O primeiro susto!

Febre, dor de garganta, assadura, dor, choro, falta de apetite, tudo ao mesmo tempo. Como é difícil para uma mãe ver o filho chorando. Todos os procedimentos tomados, remédios e etc. Santas receitas da vovó.

E que felicidade vê-la novamente correr pela casa e sorrir. Está sarando. Seu olhar já está mais brilhante, seu sorriso amplo, sua alegria com os brinquedos e sua energia contagiante indicam que a luz do seu Sol está radiante para a vida.

E termino a semana agradecendo a bênção da saúde.
Iluminada Isa cercada de amor e cuidados. Amém!

publicado às 15:42


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D