Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


Mães na sala de espera pediatra

por Ivone Neto, em 03.01.13

Eu já escrevi antes que mãe compartilha. Sim, compartilhamos informações, experiências, emoções, dicas e etcs. E fazemos isso em diversos lugares. Mães juntas, espaço para variados diálogos. Um dos locais que há sempre presença de mãe é na sala de espera do pediatra. Não que os pais não frequentem, alguns sim. No entanto, o número de mães é sempre maior no pediatra, pelo menos nos que frequento. Isso me fez lembrar uma recente pesquisa que revelou que as mulheres estão cada vez mais sobrecarregadas. Pais, definitivamente precisam colaborar mais partilhando dos desafios cotidianos da família.

Hoje encontrei um casal amigo na sala de espera da pediatra, aliás, uma excelente pediatra que demonstra na qualidade do atendimento o amor por sua profissão. Arthur com 8 meses e Luiz com 13 dias. Mãe de primeira viagem, na primeira consulta encontrando mãe de terceira viagem na 10ª consulta. Apesar da bagagem, todo filho é único e é incrível como apaguei tantas coisas das experiências anteriores. Toda viagem é mesmo diferente. Mas, é claro que muitos dados ficaram armazenados na memória. Partilhar e praticar são verbos ações na aprendiz jornada maternal. Nos cuidados com o Arthur muito do que aprendi com amigas-mães. Respondendo as perguntas da nova mãe fiquei refletindo sobre a importância desse contato que tanto nos auxilia.

Fraldas, cólicas, banho, vacinas, amamentação, sono, berçário e tantos detalhes da rotina das mães e bebês. É uma rede de tarefas que compõe dia e noite com muito trabalho e momentos de puro amor. O Luiz dormia como anjo, o Arthur bricando e encantando. As mães conversando e os pais, sim o pai do Luiz e o pai do Arthur estavam acompanhando a consulta, ouvindo, rindo e imaginando como é que podemos ter tanto papo assim. Sim, temos muito papo sim para compartilhar sobre crianças e muito mais, assim como os papos deles rendem toda sexta quando se reúnem para tomar cerveja no bar.


Que o Luiz cresça saudável e feliz e que possamos nos encontrar mais vezes na sala de espera do pediatra e em tantos outros lugares para aprender com essa troca de dicas maternais.

Meu bebê com 1 mês. O tempo passa e o aprendizado segue

publicado às 17:13

Lembranças e esquecimentos maternais

por Ivone Neto, em 25.09.12

Agradeço pela luminosidade no horizonte percebida pela Isa na manhã e descrita de modo tão especial. Minha criança observadora que capta os sinais do dia como graça. Ontem, conversando com um fornecedor, falávamos de como é SIM TRABALHOSO ter filhos porque exige de nós a coragem de assumir uma responsabilidade grandiosa, mas, sem dúvida é o meu melhor presente. Esses momentos eternos toca meu coração com uma gratidão fenomenal. No fim, do que você recorda não são das noites em claro, de dormir sentada com o bebê no colo, das lágrimas...absolutamente NÃO.

Esses dias meu marido me questionou sobre uma pergunta que fiz sobre o bebê: Nossa está no 3o filho e tem dúvidas, não lembra mais? Disse em tom de brincadeira porque são coisas da jornada dos bebês e eu já passei por isso...mas sinceramente certos detalhes doloridos dessa fase de dentes, cólicas e outras, eu passei a borracha. Sim, eu tenho muitas dúvidas e continuarei a tê-las.

 

Da Bruna Coriolano Mourão minha primogênita que já tem 18 anos e está aperfeiçoando suas asas, lembro mesmo é dos seus pés correndo pela calçada, da sua imaginação fértil brincando de ser mestre e dos seus alunos divertidos que aguentavam suas deliciosas loucuras infantis, dela se lambuzando na areia da praia inventando castelos, de quando perdeu o medo das ondas, do seu sorriso amplo, das suas participações no teatro...

 

Da Isa me lembro dos seus bicos graciosos, dos seus pés caindo e levantando, de sua expressão de vou tentar de novo, das suas mãos folheando livros, das falas surpresas, do seu abraço mais apertado do mundo, do seu canto na escola, da sua concentração máxima nas brincadeiras, do sua alegria na água, do seu sono anjo, do seu olhar quando a encontro na escola e de tantas coisas mais...

 

Com o Arthur é tudo novo porque cada filho é único e cada experiência, mesmo que já tenhamos bagagem valiosa, é uma nova oportunidade. Sim, continuarei tendo MUITAS dúvidas e questionando aqui e ali vou seguindo...

publicado às 12:31

Mãe compartilha

por Ivone Neto, em 14.11.11

Sim, mãe compartilha tudo. A alegria e a dor. O sorriso e a lágrima. Hoje fiquei refletindo sobre como a maternidade nos aproxima do amor pleno. E percebo que quanto mais amamos, mais temos capacidade de amar.

Fiquei observando as mães com os filhos (as) na sala de espera do pronto socorro tentando encontrar alívio para a dor dos pequenos (as). Uma mãe com uma menina no colo chorando pela injeção e com lágrimas nos olhos. Eu com a pequena Isa me preparando para entrar na sala de medicação buscando forças para segurar seu corpo frágil de febre. Mãe entra e sai registrando cenas de amor. O apoio carinhoso é um bálsamo que auxilia a cura. Sim, a presença amorosa da mãe é um “remédio” com propriedades milagrosas.


Compartilhar é um verbo-ação frequente no cotidiano maternal. Assim vamos aprendendo com as mais diferentes situações. Cada idade é uma fase de descobertas com tempestades e bonanças. E nesse enredo vamos treinando nossa habilidade de superar obstáculos e celebrar conquistas. Mãe compartilha!

publicado às 21:06


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D