Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


As roupas e os traços da Bruna na Isa

por Ivone Neto, em 14.08.19

Essa blusa que ela está usando foi da Bruna. A Isa está crescendo e selecionou alguns itens de roupas da irmã que eu não deveria doar, para ela usar no futuro. O guarda roupa quase vazio, retrato de desapego. É que tenho também minhas agonias, e uma delas é ver coisas paradas, sem uso. A energia precisa circular. O presente que foi o futuro cogitado no passado está chegando mais rápido do que eu previa. Coisas de mãe, talvez, pensar nessa passagem do tempo assim, quando observamos essa transição. A Isa já tem espinhas. Algumas peças da Bruna já servem nela. Ah os minutos do relógio não param, ou, como preferimos contar, as fases lunares se sucedem. Estamos na Lua Crescente do Arthur. Sim cada um dos meus filhos tem sua Lua e meu marido diz que essa é uma das minhas loucuras. A Isa sente muita saudade da irmã que há mais de 3 anos mora longe. Muitas vezes pego ela olhando a foto delas juntas e vejo seus olhos lacrimejando. Sinal de ternura. A saudade também dói. Outras semelhanças engraçadas: A Isa conversa no banho, como a Bruna. Ela também brinca sozinha de professora com suas bonecas e fala que fala. E anda ficando “enjoada e demorada” para se arrumar e o pai diz: “Ai minha Santinha, tá parecendo a Buda”. E sei que ele fala isso também exalando saudade e carinho. Hoje é um daqueles dias que eu acordei com muitas saudades da Buda e de outros personagens que amo. A distância e a proximidade caminham juntas no meu coração.

67871821_10220671799451917_3307545471311937536_n.j
Traços entrelaçados de amor das irmãs Terra & Água

 

publicado às 11:19

Amizade enlaçando o tempo

por Ivone Neto, em 15.01.19

Eu e Zilda nos conhecemos desde menina. Somos amigas conterrâneas e o nosso laço vai além da terra onde nascemos, ultrapassou fronteiras e gerações. Nos reencontramos aqui em São Paulo há aproximadamente 14 anos atrás. Eu já mãe de uma moça, ela de dois meninos. E veio a gravidez da minha Isa, minha segunda gestação e em seguida foi a vez da Julia, para completar a tríade da minha amiga. E eis que também completei minha tríade com meu elemento surpresa menino. E adivinha quem foi uma das primeiras pessoas que soube da minha terceira gravidez e acertou em cheio que seria o caçula Arthur? Ela mesma, a querida Zilda me disse assim que a comuniquei por telefone. Fiquei com a ligação gravada na memória coração. E o tempo segue registrando nossos encontros. E eu sou muito grata por ter personagens assim para compartilhar as estações da vida.

A Isa e Julia já estudaram na mesma escola, moraram no mesmo bairro e hoje, em bairros e escolas distintas, seguem amigas. É tão sublime observar a sintonia dessa amizade. Como elas brincam e se divertem juntas. Seguiremos compartilhando nossas histórias. É laço bênção: amigas mães e filhas!

amigasJuIsa.jpg

publicado às 14:42

Mãe porque o Arthur recebe mais atenção que eu?

por Ivone Neto, em 05.10.15

Cenário: Isa em seu quarto brincando sozinha. Arthur assistindo desenho na sala ao lado da mamãe no sofá. Hora do dengo, do sono, do cafuné. De repente desce minha magrela, chega perto e indaga: mãe porque o Artur recebe mais atenção que eu?

Confesso que seu questionamento me pegou desprevenida. Coloquei-a no meu colo e expliquei que ele é menor e por isso demanda ainda mais cuidados como ajudar a escovar os dentes, ir ao banheiro, ainda toma mamadeira e etc. Ela só me abraçou e disse: “tá bom mãe, vou lá brincar, depois você vai no meu quarto?”

Alguns dias ela dorme primeiro que ele e tenho perdido esse tempo da leitura, esse momento de ficar um pouco com ela em seu quarto para conversar e brincar. Quando a própria Isa percebe que o sono está vindo forte me chama: “mãe vem rezar comigo, já vou dormir”. O Santo Anjo do Senhor é sagrado todas as noites. Eu rezo e ela também.

Depois de sua pergunta tão incisiva tenho procurado deixar o Arthur na sala com o pai e ir até seu quarto antes do sono profundo, ou de trazer a Isa até meu quarto e ficar com ela ao lado, no colo, brincando, lendo, inventando estórias ou até cantando sua canção de ninar, até ela começar cochilar e eu a conduzi-la até seu aconchego.

Não é tarefa fácil equilibrar o tempo dedicado para cada filho. Nem sempre consigo, mas continuo tentando. Tem dias que eu também só queria ter uns 30 minutos só meu.tododiaediadeler.jpg

publicado às 19:52

A Isa inventando moda e a Bruna aprendendo lições

por Ivone Neto, em 05.02.10

Ela já quer escolher a roupa, o sapato, a sandália. A Isa é incrível com seu 1 ano e sete meses. Observa, fala, faz graça e até já inventa moda. Agora deu para colocar um sapato no pé e no outro uma sandália. Ou dois sapatos diferentes. Um diferencial da Isa que tem seu jeito único. Essa menina das águas é mesmo um encanto.

Está fervendo o calor em São Paulo nesta 1ª semana de fevereiro e ela só quer ficar na água. O banho refresca, relaxa e é um mundo a parte da Isa no qual ela brinca e sente com profundidade as sensações do contato com seu elemento. As vezes fico olhando demoradamente para ela brincando e lembrando que há pouco tempo ela estava mamando. O tempo passa e é precioso aproveitar cada etapa do desenvolvimento da criança.

E como as crianças nos ensinam. Elas vão crescendo a cada dia e aprendendo continuamente. Quando nos surpreendemos com uma coisa ela já inventa outra. É um processo criativo inspirador. Deveríamos nos espelhar mais no universo infantil e absorver com sua evolução a imensa capacidade que temos para criar e evoluir.

A Bruna também está numa fase de descobertas e aprendizados profundos. Admiro muito a forma como ela escreve sua leitura dos acontecimentos de forma tão verdadeira. Tudo tem um propósito, os livros, as decepções, sua recente paixão e interesse pelo mundo animal despertada pelos programas da National Geographics e BBC.Ler os textos dos seus Blogs é sempre emocionante. Acompanhar suas lições e fazer parte de sua caminhada é muito valioso.


Agradeço muito a felicidade de ser mãe. Obrigada minhas filhas, estrelas de minha vida.

publicado às 23:34


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D