Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]


O que fazer nas férias das crianças?

por Ivone Neto, em 17.07.19

“Mãe bem que você poderia ser professora, até leva jeito” Diz a Isa. O jeito que ela cita na frase é que ela diz que sei explicar história quando estudo junto com ela nas provas e que adoro ler. Outro motivo pelo qual ela deseja que eu atue como professora é para sair de férias junto com ela e seu irmão. Sim, eles estão no plantão de férias na escola e eu estou trabalhando nesse longo julho. E costumo trabalhar também nas férias de janeiro. Esses dias ela voltou na mesma tecla: “mãe ainda dá para você estudar e ser professora? Seria tão bom ficar com você nas férias”

Assim como eu, muitas outras mães ficam de cabelo em pé nesse período. Quem não trabalha, consegue fazer uma programação semanal, vai viajar, afinal, eles ficarem só em casa é entediante. Tem outro fator complicador. Viajar em período de férias é mais caro. Quando não há outra possibilidade precisamos pesquisar bem o destino e atrações. Nos feriados também o valor é diferente, o que é bem injusto. Eu tenho fugido desses períodos, preferido viagens mais curtas e fora da chamada temporada. Dá para aproveitar melhor, gastando menos.

Nas férias passadas, sem o plantão de férias na escola, foi bem difícil. Um dia aqui, outro acolá. Encontrar alguém de confiança para ficar em casa não é tarefa fácil. Foi grande meu alívio ao saber que nesse mês de julho teria plantão de férias na escola. Com atividades recreativas que eles estão adorando. Até minha Isa, que pela primeira vez ficou, está apreciando as comidas, brincadeiras, gincanas e terá até passeio externo. E para diferenciar um pouco, essa semana, eles terão o dia de folga do plantão, em casa, com uma tia mais que especial.

E assim vamos desenhando o enredo das férias. Logo mais teremos que planejar a programação das próximas. 15 dias já tenho programado. Ah e sobre ser professora, é um grande elogio da minha Isa saber que na sua percepção eu levo jeito para essa profissão que tanto ADMIRO!

IMG_20190407_153935802.jpg

No Ibirapuera, parque que estimo muito

 

publicado às 15:43

As crianças e o sertão

por Ivone Neto, em 06.01.17

Nossas férias foram no sertão pernambucano. Visitar meus avós, bisavós dos meus filhos. Meu pai e tantos tios e primos, é sempre uma conexão recheada de amor. Mochila nas costas, minha Isa na mão esquerda e Arthur na direita. Estradas, chegadas, partidas. Encontros e despedidas no roteiro da minha infância, que também enlaçam a infância dos meus filhos.

Férias curtas e compridas, vastas em alegrias, amor e gratidão. O cenário tão diferente do habitual dos meus pequenos e eles mergulharam nesse ambiente brincando em árvores, no terreiro de pedras, na liberdade de correr sem obstáculo pelo “grande quintal”.  Brincaram com os cachorros do sítio e fizeram amizades com as crianças. Encantaram-se com a fogueira no terreiro e com o céu estrelado. “mãe consegui ver a constelação”. E tem um trio brilhante de estrelas. Sim filha, as Três Marias que tanto amo. E voltamos com a bagagem cheia de memórias para cultivar saudade feliz.

15875624_1436841686326741_1248634235348364925_o.jp

No Umbuzeiro, na sombra, a flor, o fruto, a brincadeira no sertão

 

publicado às 09:38

Crianças no avião

por Ivone Neto, em 15.08.14

Toda viagem envolve uma série de fatores. Uma delas é o transporte. Quando viajamos de avião com crianças, em especial, quando elas são pequenas, é preciso tentar amenizar o estresse, se é que é possível. Recentemente viajei de avião com as crianças. A Isa que já tem 6 anos foi tranquila. Já o Arthur que tem 2 anos, ficou muito tenso com os procedimentos de cinto do avião na decolagem e pouso, além do incomodo do tempo de voo de mais de 3 horas. Elas divertiram-se muito na praia e piscina, brincaram e curtiram o calor do Nordeste. Viagem curta e rápida para comemorar o aniversário da Isa. Sim, trocamos a tradicional festa por um passeio de 3 dias em Fortaleza. Retornamos ao frio do Sudeste. Todos exaustos. A semana foi cansativa, principalmente, pelo peso do sono atrasado. E apesar do cansaço, a sensação de realização da promessa cumprida é reconfortante.

 

Agora, para a próxima viagem de avião com mais de 1 hora de vôo, só quando o Arthur crescer mais...muito mais...

 

Isa e Arthur, no universo alegre das águas mornas

publicado às 22:49

Mãe porque eu estou na escola e não viajo nas férias?

por Ivone Neto, em 22.01.14

Férias de verão com calor de derreter. Fiquei 2 semanas em casa com as crianças. Aproveitamos a piscina e brincamos muito no quintal. Voltamos ao trabalho no início de janeiro e as crianças para o plantão de férias na escola.

Depois da primeira semana no ritmo 2014, a Isa chegou com seu olhar inquietante e questionou:

Mamãe porque ninguém está na escola e eu estou?
Mamãe minha amiga viajou. Nós não vamos pra praia?

Coloco-a no meu colo e explico. Você está na escola do plantão de férias porque mamãe e papai precisam trabalhar.  Não podemos viajar 1 semana, ficar muitos dias fora, mas, como você ama tanto a praia, estamos planejando 1 final de semana. Sábado e domingo.

Os olhos dela brilham e ela pergunta:

Mamãe, amanhã já é sábado? Pode separar o biquíni?
Não Isa. Faltam 2 dias. Passa rápido.

Ela pula do meu colo e sai correndo. Diz pro Arthur:
Tutu nós vamos pra praia pular onda.  A Isa vai te ensinar.


O papai não gosta de dirigir a noite. Saímos próximo da claridade do dia raiar. A Isa acordou animadíssima. A Bruna também no seu final de semana de folga do mês. Na estrada observei os raios do Sol saudando a manhã. Entre cochilos e sorrisos a Isa seguiu viagem, perguntando aqui e acolá, já está chegando? O Arthur entre manha, choro e cantigas de roda para distrair. Enfim chegamos. A Isa já saiu do carro correndo pra piscina. O Arthur também. Sagrada água que nos refresca.

É sempre impressionante o encontro da Isa com o mar. Retrato de comunhão.
E o final de semana teve cheiro de mar, sensação de brisa, paz da montanha, canto dos pássaros, borboletas, beija-flor e alegria aflorando múltiplos sorrisos. 

Menina das águas

publicado às 15:45

Minha pequena criança no sertão

por Ivone Neto, em 25.06.10

Eu e minha família fizemos uma viagem rápida para visitar meus avôs no sertão pernambucano em junho. Meu marido estava preocupado com a Isa, nossa pequena. O receio era de que ela estranhasse muito já que é bem apegada com seu canto.
As crianças têm o dom de nos surpreender e a Isa foi surpreendentemente maravilhosa durante os 5 dias que estivemos longe de nosso lar.

Ela brincou com outras crianças, correu no terreiro atrás das galinhas, divertiu-se em cima do carro dos estudantes na estrada cheia de pedras, adorou o pequeno carneiro no curral, ficou admirada, nem sequer piscava olhando meu tio tirar leite da vaca, caiu, arranhou-se,  levantou e continuou brincando. No ambiente sadio, alegre e carinhoso ele só podia se sentir mesmo em casa na casa da bisavó e do bisavô que ficaram muito felizes em nos ver.

Na casa da tia-avó Maria ela descobriu como um galão pode se tornar um interessante brinquedo, que doce é a água de coco, tinha até a uva que ela adora, mas, o que realmente a fascinou foi à grandeza do terreiro com espaço de sobra para ela correr descalça. Essa impressionante cena da Isa correndo feliz por todo o lado é memorável.
 

São momentos como esse que ficam gravados na memória coração. O encontro das gerações aconteceu num clima de muito amor e deixou aquela saudade feliz com gosto de quero mais.

publicado às 01:00


Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D