Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Virtual e presencial

por Ivone Neto, em 26.03.15

“Mãe minha amiga tem celular, porque eu ainda não posso ter?” Questiona minha Isa de 6 anos. Já conversamos sobre isso e já expliquei que ela não tem necessidade de ter um celular. Já tem o tablet para brincar no dia e horário que determinamos. Na quarta-feira a noite, por exemplo, é dia de brincar com amiga, com bonecas e brinquedos.

Ela chegou da casa da outra Isa, novamente com o mesmo questionamento já que sua amiga mostrou seu presente celular. Novamente eu argumentei que celular é um aparelho que utilizamos para nos comunicar com as pessoas e que isso é muito importante no trabalho da mamãe para atender os clientes. É também útil para falar com sua irmã mais velha quando ela viaja ou está fora de casa. Enfim, tentei explicar da melhor forma possível que tudo depende do uso que fazemos. E que é preciso que a necessidade seja compatível com cada situação. E esse ainda não é momento dela utilizar celular.

E a conversa seguiu para outro rumo. Foi à vez de dialogar sobre diferenças. A família da sua amiga é a família dela. Sua família é sua família. As regras variam de casa para casa. O ambiente familiar é palco da diversidade e temos que respeitar que lá é assim e que aqui é assado. E esse papão ainda vai render muitas discussões e aprendizados...

Despois fiquei refletindo sobre nosso papo e logo eu me lembrei dos comentários de um amigo que tem certa aversão a essa “conexão” precoce das crianças que já nascem nesse ambiente “conectado”.

 

“Felicitar as pessoas via WhatsApp ou Facebook até mesmo quando você está no mesmo espaço está virando rotina.” P...levanta da cadeira e vai lá dar uma abraço.

 

E completa:

“as crianças ganham tablet ou celular de presente muito cedo, ficam ágeis em telas touch e navegam cada vez menos em universos lúdicos infantis” Tudo em excesso é perigoso.

 

Equilíbrio é palavra chave e um desafio da jornada maternal e de outras trilhas...

publicado às 14:50



Mais sobre mim

foto do autor


Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D